Ata nº 036/2015

Aos treze   dias  do mês de outubro de dois mil e quinze, reuniu-se na Sala de Sessões o PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL, em Sessão Ordinária às dezoito horas e 30 minutos. Registraram presença os Vereadores. JOCIMAR VALER, ROBERTO CARLOS BERTOL, ARZEMIRO BORTONCELLO, LUCIANO ANDRÉ ONGARATTO, JOÃO PAULO SALAMI, IRINEU RIZZI,  NESTOR JOSÉ ZAMBIASI, VALMOR JOSÉ SALVI e o Suplente Vereador ELORI PAULO DELAZERI. Na abertura dos trabalhos foi  feito a leitura da ata da reunião anterior N.º 034/2015. Após a leitura  como não teve emendas ou ressalvas foi aprovada por unanimidade.  Na sequência dos trabalhos o Sr. Presidente Vereador JOCIMAR VALER  apresentou o expediente do dia e passou a palavra a disposição para uso da Tribuna seguindo ordem de inscrição. O Vereador IRINEU RIZZI saudou os presentes, fez uso da Tribuna para falar das enxurradas que aconteceram nos últimos dias e que atingiu também o nosso município. Viu as fotos e foi conferir, realmente se as estradas estavam ruins, agora estão péssimas. Espera que a Administração Municipal tome as providências e veja a possibilidade de decretar situação de emergência. Agradeceu o Presidente da Casa, Vereador JOCIMAR e o Secretário da Agricultura sobre as explicações referentes ao Projeto de Lei Nº 036/2015, não é contra cobrar um pouco, mas segundo o Secretário da Agricultura nos últimos 08 meses o município gastou R$ 36.000,00 em testes dividindo da em média R$ 4.500,00 ao mês, o agricultor pagando metade  se economiza R$ 2.500,00 ao mês. Mas por outro lado foi contratado o terceiro cargo de confiança na Secretaria de Obras, será que era necessário, pois este CC só fica em cima dos barrancos e os operadores precisam tomar cuidado para não esmagar ele, não sabe qual é o salário, mas com isso com certeza dava para pagar os testes para ajudar mais nossos agricultores. Numa crise como estamos passando, não estão fazendo nada para economizar e foi contratado mais uma funcionária para trabalhar na escola, saiu uma e será que havia tanta necessidade de logo colocar outra no lugar. Disse também que na época que o Prefeito Municipal VERISSIMO CAUMO tomou frente da emancipação de Coqueiro Baixo, que deu muito trabalho, este funcionário contratado na Secretaria de Obras foi o único que era contra, fez até baixo assinado para a emancipação não acontecer e hoje é Cargo de Confiança da Administração. Cada um tem uma idéia, mas é contra a cobrança, pois devemos ajudar mais quem trabalha. Encerrou seu pronunciamento agradecendo a compreensão de todos. Na continuidade dos trabalhos o Sr. Presidente apresentou  a  seguinte matéria para ordem do dia. Projeto de Lei Nº 036/2015, de 14 de setembro de 2015. “AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A PARTICIPAR FINANCEIRAMENTE COM 50% (CINQUENTA POR CENTO) DOS CUSTOS DOS TESTES DE BRUCELOSE E TUBERCULOSE, NO REBANHO BOVINO EXISTENTE NA ÁREA DO MUNICIPIO E, DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.” Parecer da comissão imparcial. Posto em votação foi aprovado com quatros votos contra e 05 a favor. Contra os Vereadores: IRINEU, NESTOR, ARZEMIRO e JOÃO PAULO. A favor os Vereadores VALMOR, ROBERTO, LUCIANO, ELORI e o voto minerva do Presidente JOCIMAR. Após sem mais nada a tratar o Sr. Presidente Vereador JOCIMAR VALER agradeceu a presença de todos e declarou encerados os trabalhos convocando  os Senhores Vereadores para a Sessão Ordinária do dia 19 de outubro de 2015 as 18 horas  e 30 minutos. Dando por encerrada a Sessão, da qual lavrei a presente Ata que será lida e posta e em votação na próxima sessão.